Chuva forte atinge vários bairros do Rio O Dia

0
29



Rio – A chuva forte que atingiu vários bairros do Rio, na noite desta quarta-feira, deixou diversas ruas alagadas. Segundo o Centro de Operações da Prefeitura (COR), houve registro de chuva muito forte na Saúde, Penha, Madureira e forte em São Cristóvão e Irajá. Nas demais localidades, houve chuva fraca a moderada.

Entre os pontos de alagamento estão principalmente vias da Zona Norte e região Central da cidade, como a pista lateral da Avenida Presidente Vargas, sentido Francisco Bicalho, na altura da Cidade Nova; a Rua Bela, em São Cristóvão; e a Praça da República, na esquina com a Rua Vinte de Abril, no Centro; ruas das zonas Sul e Oeste, como a Rua do Catete com a Pedro Américo e a Rua Cândido Benício, na altura da estação do BRT Ipase, sentido Madureira, também tiveram pontos de alagamentos.

Estação BRT Transcarioca Ipase, na Praça Seca – Reprodução / Internet

Estágio de atenção

Às 21h15, o município do Rio entrou em estágio de atenção, que é o segundo nível em uma escala de três e significa a possibilidade de chuva moderada, ocasionalmente forte, nas próximas horas.

Por conta da chuva, as duas linhas do VLT foram paralisadas por causa de vários pontos de alagamento. O Centro de Operações também alerta para chuva forte em toda extensão da Ponte Rio-Niterói. 

Segundo o Alerta Rio, de 20h às 0h, a região que mais choveu foi a Saúde, com 67,6 mm de água. Madureira vem logo depois com 45,8 mm, seguida de Piedade (42,4), Penha (37,8), São Cristóvão (37,4), Irajá (36,2), Tanque (34,6), Ilha do Governador (32,4), Cidade de Deus (28) e Santa Teresa (27,8).

Penha – Reprodução / Internet

Frente fria

A passagem de uma frente fria mudou as condições climáticas no Rio na tarde desta quarta-feira, perdurando pelo menos até sábado, segundo o Alerta Rio, sistema de meteorologia da cidade. A passagem de uma frente fria pelo oceano e o transporte de umidade influenciam o tempo no município.

A chuva começou de forma fraca a moderada a partir da tarde, intensificando na noite e madrugada, com chuva moderada a forte. Há também previsão de intensificação dos ventos, com rajadas de vento moderado a forte.

Já na quinta, o céu ficará encoberto e há previsão de chuva moderada a forte a qualquer hora do dia, acompanhada de rajadas de vento moderado a forte.

Na sexta, o céu deve ficar de encoberto a nublado, com chuva fraca a moderada a qualquer hora do dia.

A tendência é que o tempo fique estável no sábado, com céu nublado a parcialmente nublado e sem chuva significativa no Rio.

Rua Darke de Matos, em Higienópolis – Reprodução / Internet

A prefeitura recomenda que a população tome as seguintes ações preventivas:

– Permaneça ou procure um local seguro. Evite áreas sujeitas a alagamentos e/ou deslizamentos;

– Verifique se há sinais de rachaduras em sua residência. Ao perceber trincas ou abalo na estrutura, acione a Defesa Civil pelo número 199 e evite ficar em casa;

– Moradores de áreas de risco precisam ficar atentos aos alertas sonoros. O acionamento das sirenes indica perigo de deslizamento. As pessoas devem se deslocar para os pontos de apoio estabelecidos pela Defesa Civil Municipal. Os locais são informados pelo número 199;

– Redobre atenção ao dirigir. Em caso de chuva, as pistas ficam escorregadias e podem conter bolsões d’água. Mantenha os faróis acesos;

– Em casos de ventos fortes e/ou chuvas com descargas elétricas, evite ficar próximo a árvores ou em áreas descampadas;

– Evite colocar o lixo nos pontos de coleta. A água da chuva pode levar o lixo a entupir bueiros e galerias;

Fique atento às informações divulgadas pelos veículos de comunicação;

– Se necessário, use os telefones de emergência 193 (Corpo de Bombeiros), 199 (Defesa Civil) ou 1746 (Central de Atendimento da Prefeitura).

Rua Eutíquio Soledade na Ilha do Governador – Reprodução / Internet

Região Metropolitana

Os núcleos de chuva no Estado do Rio na noite desta quarta se concentraram principalmente na Região Metropolitana. Assim como a capital, Niterói também entrou em estágio de atenção, às 22h40.

Na Baixada, várias cidades também tiveram problemas, principalmente Magé e São João de Meriti.

Ônibus cai em buraco em Vilar dos Teles, São João de Meriti – Reprodução / Internet

Alameda São Boaventura, em Niterói – Reprodução / Internet

São Gonçalo – Reprodução / Internet

Água invadiu residência em Magé – Reprodução / Internet





Fonte: https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2018/11/5590990-chuva-forte-atinge-varios-bairros-do-rio.html