Dupla musical performática leva alegria a pacientes internados

0
166

A dupla musical performática Manaká, formada pelos artistas Liv e Xico, fará apresentações em hospitais cariocas da rede pública até o final do ano. As ações lúdicas, imaginativas e coloridas serão apresentadas para pacientes, acompanhantes, médicos, enfermeiros, profissionais da saúde e colaboradores das instituições visitadas.

O projeto tem o patrocínio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura e da Rede D’Or São Luiz, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura – Lei do ISS. Ele é itinerante e fará ao todo 24 visitas a hospitais do Rio de Janeiro, incluindo um trabalho residente no Hospital Estadual da Criança (HEC), em Vila Valqueire, onde realizará duas apresentações por mês.

Além dos hospitais dedicados ao tratamento infantil, está no cronograma também maternidades e a Divisão de Geriatria e Gerontologia do Hospital Municipal Barata Ribeiro, na Mangueira. Tendo como foco a infância, as relações inter geracionais e as famílias, o trabalho cênico-musical do Manaká atinge todas as idades.

Foto: Marcos Queiroz/Divulgação

A primeira unidade visitada, no último dia 26 de junho, foi o Hospital Municipal Nossa Senhora do Loreto, na Ilha do Governador, onde as crianças internadas tiveram um dia especial. Elas receberam a visita da dupla, que desembarcou de sua “kombi intergaláctica” no hospital para percorrendo ambulatórios, corredores e enfermarias distribuindo doçura e alegria terapêuticas. O Loreto atende a um público de pequenos pacientes muito especiais que estão ganhando novos sorrisos, pois é especializado em cirurgias plásticas de fissura palato-labial. O hospital também realiza otoplastias – correção das orelhas de abano -, entre outras especialidades. Outra unidade hospitalar visitada  pelo Manaká foi o Hospital Estadual da Criança (HEC), em Vila Valqueire, especializado em cirurgia pediátrica e em casos de transplantados e oncologia.

Como é o trabalho 

Nas apresentações, Liv e Xico interagem com o público num show para todas as faixas etárias. “Nosso trabalho é inspirado no bem viver, no amor transcendental da criança e através da nossa música levamos esperança e calor para aquele ambiente. Nossa intenção é devolver à criança internada seu direito básico de brincar e vivenciar a magia da infância”, diz Xico.

O projeto Manaká nos Hospitais nasceu em 2017 quando a dupla fazia a turnê pelo Brasil do espetáculo “Aventuras Cantadas”. Durante as viagens, Liv e Xico visitaram várias instituições. A iniciativa tinha como objetivo alcançar um público em espaços de carência e fragilidade, temporariamente impossibilitados de ir a um teatro ou a um show.

Graças ao retorno positivo obtido com as apresentações nos hospitais, a dupla resolveu firmar o projeto nesses locais. Liv e Xico perceberam que possuíam ferramentas artísticas capazes de suavizar as relações de um cotidiano geralmente tenso e cheio de ansiedade.

Como surgiu o Manaká?

O Manaká surgiu a partir da experiência de Liv e Xico com a chegada do primeiro filho, Davi, hoje com 8 anos. Os artistas, que há mais de 25 anos estiveram envolvidos com trabalhos destinados ao público infantil, só perceberam a infância como um estado de espírito, quando se mudaram de São Paulo para o Rio de Janeiro e transformaram a casa onde moravam num espaço de brincadeiras e fruição cultural para crianças da comunidade do Terreirão, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio.

Foto: Marcos Queiroz/Divulgação

Quando a Casa de Cultura Amaramar- que foi reconhecida pelo Governo do Estado e nomeada ao International Visitors Leadership Program, pelo Consulado Americano- foi derrubada, os artistas sentiram a necessidade de expandir essa experiência amorosa que tiveram para as famílias com crianças de todo o Brasil. “Quando nos demos conta, tínhamos várias canções compostas. Foi através da criação do Manaká que conseguimos dar continuidade ao amor transcendental da infância”, diz Liv. “A experiência vivida no nosso quintal e a gestação e o nascimento de Davi foram fundamentais para o surgimento desse trabalho”, conclui Xico.

A Carreira

Com um álbum já gravado, o Manaká lançou no mesmo ano um especial do Dia das Crianças para a TV Cultura que até hoje é exibido na TV Rá-tim-bum. O primeiro espetáculo da dupla, Aventuras Cantadas, foi apresentado em Curitiba, São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, e ganhou uma sessão exclusiva para bebês a convite do Festival Internacional Intercâmbio de Linguagens (FIL), no CCBB, no Rio.

Paralelo aos shows, Liv e Xico também desenvolvem o projeto Brincares, que traz à memória, mapeia e fundamenta as brincadeiras como ferramentas de desenvolvimento na educação infantil supervisionado pela mestre em educação e desenvolvimento humano, Rosa Mariano.

O Manaká está gravando mais dois álbuns em parceria com o produtor musical e ganhador do Grammy, Iuri Cunha. São eles: O Manaká Neném com canções instrumentais e de ninar, que está sendo gravado junto a pianista Elenise Bandeira (para novas mamães, papais e bebês), e o segundo álbum da dupla, cujo brincar ao ar livre ganha uma pegada moderna acompanhada do músico Paulo Mutti.

Fonte: https://eurio.com.br/noticia/8229/dupla-musical-performatica-leva-alegria-a-paciente.html