10 dicas para o RH ficar cada vez mais próximo do colaborador – rh.com.br

0
311
          Fala-se muito sobre a atuação do profissional de Recursos Humanos como profissional estratégico

do negócio. Para isso, a área não deve ficar restrita apenas à realização de atividades técnicas e trancada entre “quatro paredes”, ou seja, alheia à realidade organizacional. É preciso muito mais para participar da estratégia organizacional e se torna fundamental conhecer as pessoas que atuam na organização como um todo. Mas, como se aproximar dos profissionais? Eis algumas dicas para você que é RH e realmente deseja saber o que acontece na empresa onde atua.

          1 – Ficar “escondido” na sala o expediente completo, durante toda a semana só tornará a área de RH desconhecida para o cliente interno. Não precisa sair em desespero para visitar todos os departamentos da empresa em um único dia. Faça um cronograma e isso o ajudará a conhecer melhor quem atua em qual setor.
          2 – Nas visitar aos departamentos, mostre-se receptivo às informações dos colaboradores, pois eles sempre têm algo novo e importante para que você realize seu trabalho. Por essa razão, pergunte, tire suas dúvida e escute o que os funcionários dizem sobre o próprio setor em que atuam e as ações da empresa de uma forma geral.
          3 – Não apenas receba informações, mas também seja um agente disseminador da cultura, dos valores e da missão da empresa. Abra espaço para que os colaboradores também tirem dúvidas. Nesse caso, dê um feedback e caso não o faça naquele momento, assim que possível comprometa-se que dará um retorno. Dessa forma, o profissional constatará que a opinião dele é valiosa para a empresa e isso, certamente, influenciará a motivação interna.
          4 – Aproveite os momentos “informais” do dia-a-dia para se aproximar dos colaboradores. A hora do almoço é um momento muito oportuno. Sem parecer um “penetra”, sente-se ao lado dos profissionais de outros departamentos e tente integrar-se à conversa que está em evidência. Se o assunto for o campeonato estadual de futebol, faça comentários pertinentes e não tome partido de “A” ou “B”. Se o “bate papo” for sobre os filmes do momento, fale um pouco sobre o seu estilo preferido, O importante é aproximar-se dos funcionários naturalmente.
          5 – Mesmo que tenha uma ótima memória, o estresse do dia-a-dia deixa a mente cansada. A alternativa é ter sempre no “bolso” um bloco de anotações e uma caneta para anotar as informações que obteve durante a conversa informal com os profissionais. Isso evitará que você esqueça algo relevante para o seu trabalho.
          6 – Caso surja alguma dúvida em relação às informações que recebeu do colaborador, não pense duas vezes e procure o profissional para alguns minutos de uma conversa informal. O melhor é que isso seja feito pessoalmente.
          7 – Participe dos eventos comemorativos da organização e não apenas seja o organizador das festividades. De que adianta promover algo, se você não está lá para sentir como foi a receptividade dos colaboradores?
          8 – Tente memorizar os nomes dos colaboradores da sua empresa. Contudo, se o número de funcionários for muito expressivo, ao falar com alguém olhe discretamente para o crachá e identifique o nome da pessoa. Se não for possível, então, trate a pessoa de forma simpática com saudações do tipo: “Olá! Bom dia! Como vai?”.
          9 – Se durante uma conversa, você perceber que o funcionário não sabe ou tem dúvidas sobre como chamá-lo, ao se despedir não perca a oportunidade de comentar algo do tipo: “Não esqueça de me procurar, quando precisar. Basta apenas ligar para o meu ramal e procurar por fulano. Caso não esteja no momento, deixe um recado ou retorne a ligação”.
          10 – Ao conversar com as pessoas, não esqueça de lembrar que a área de RH está à disposição para tirar dúvidas e auxiliar os profissionais no que for necessário. Passe a impressão de que você é acessível e não alguém “intocável”.
Lembre-se: o trabalho do RH só terá bom retorno se ele conhecer as reais necessidades dos colaboradores. Para isso, é indispensável saber quem trabalha além da sua sala.
Fonte: http://www.rh.com.br/Portal/Grupo_Equipe/Dicas/5929/10-dicas-para-o-rh-ficar-cada-vez-mais-proximo-do-colaborador.html

APOIO:  CEBRAC – Unidade Ilha do Governador
A mais completa escola de cursos do País!!
Tel. (21) 3396-8638