Não é a primeira vez! Guerrero reclama da arbitragem contra o Palmeiras desde 2015. Veja

0
10



O centroavante Paolo Guerrero esbravejou contra a arbitragem do goiano Wilton Pereira Sampaio, na derrota do Internacional, por 1 a 0, para o Palmeiras, no Allianz Parque. Porém, esta não é a primeira vez que o atleta deixa claro sua insatisfação contra o homem do apito na casa do Verdão.

“É complicado jogar com ele apitando tudo para eles, para gente nada. Não sei. Aqui é difícil cobrar porque você joga com um jogador a menos, que é o juiz. “É incrível, ele apita tudo para eles e para a gente não apita nada. É sacanagem! Mas eu vou falar o que? Eu não sou brasileiro. Para mim não dá para cobrar nada. Então é injusto. Jogar futebol aqui é f…”, disse ao canais SporTV, na saída do gramado.

Veja as últimas do Mercado da Bola e quem pode chegar ao seu time

Ainda neste ano, também em outro revés do Colorado no local, mas pelo Campeonato Brasileiro, Guerrero saiu na bronca com a arbitragem, que na ocasião foi dirigida por Wagner do Nascimento Magalhães, do Rio de Janeiro. Na saída do gramado, o centroavante reclamou uma penalidade. “É complicado jogar aqui contra 12, o time do Palmeiras e mais o juiz”.

Mas, desde 2015, ainda com a camisa do Flamengo, Guerrero foi ainda mais enfático e questionou a atuação de Igor Junio Benevenuto, do Minas Gerais. Na ocasião, o Palmeiras venceu a partida por 4 a 2, mas o peruano pediu a marcação de duas penalidades, que não foram assinaladas pelo comandante da partida.

Se inscreva no canal do FOX Sports Brasil no YouTube

Gringos elegem os cinco maiores do Brasil; veja o resultado

“Eu espero que o Flamengo faça alguma coisa contra a CBF, contra a comissão de arbitragem, não sei. Mas tem que fazer alguma coisa. É uma situação que não pode acontecer. O juiz falou para mim que não achou pênalti. Se achou que eu me joguei, tinha que ter me dado amarelo, e não deu”.

No empate por 2 a 2 entre Palmeiras e Flamengo, na Ilha do Governador, pelo Campeonato Brasileiro, Guerrero criticou a forma de atuação do Alviverde. Naquela noite, Guerrero marcou um dos gols da partida, mas pediu força à diretoria do Flamengo por conta do excesso de faltas do time palmeirense. “Fico chateado, complica para a gente. Os caras não querem jogar bola, só querem fazer falta. Eu não sei mais o que fazer. Então, o que é isso? Só posso entender como falta de tática”, disse à Rede Globo.

Saiba mais:

Barcelona descarta contratação de Filipe Luís

Juventus se aproxima de acerto por De Ligt

Real Madrid descarta possível contratação de Neymar

Crédito da foto: Cesar Greco / Fotoarena





Fonte: https://www.foxsports.com.br/news/415273-nao-e-a-primeira-vez-guerrero-reclama-da-arbitragem-contra-o-palmeiras-desde-2015-veja