O Surgimento do AutoCAD e Sua Importância para a Indústria

0
351
              Falar em desenho técnico,  seja desenho técnico mecânico ou de design para interiores e também arquitetônicos e não falar de AutoCAD é praticamente impossível. Sabemos que profissionais de distintas áreas do mercado usam atualmente o AutoCAD para desenvolver seus mais diversos projetos. Tendo em vista essa realidade vou tratar hoje de explicar melhor sobre como surgiu esse software CAD e qual é o seu significado para todos esses profissionais que o utilizam.
              Até mesmo quem não trabalha em alguma das mais diversas áreas que se utiliza de desenhos para representar suas idéias e conceitos, já conhece ou já ouviu falar do AutoCAD. Esse impressionante software conseguiu conquistar um enorme número de profissionais e empresas no mundo todo por sua forma descomplicada de conseguir transmitir a uma área gráfica de desenho técnico, todas as idéias de projetos antes de serem materializados.
              Em outras palavras estou dizendo que o AutoCAD se tornou líder absoluto no segmento de softwares usados para criar desenhos e projetos, tentando caminhar ao seu lado, mas muito inferiormente posicionados no mercado estão o ArchiCAD, VectorWorks e o 12d Model. Todos esses softwares também oferecem soluções para se projetar no ambiente de duas ou três dimensões assim como o AutoCAD, porém nenhum deles consegue alcançar a praticidade e a eficiência que se pode obter com o AutoCAD.

O que significa CAD e quando ele foi lançado?

              A sigla CAD que dizer “computer aided design”, ou seja, desenho auxiliado por computador, essa foi a grande novidade que a empresa Autodesk trouxe a partir de 1982, antes disso todos os desenhos eram feitos diretamente nos formatos de papel em cima de pranchetas, também eram usados vários acessórios para criar os desenhos como: canetas de nanquim, esquadros, régua “T”, bolometros, curva francesa, aranhas (para desenvolver a escrita) e etc.
              Quando a Autodesk apresentou o AutoCAD ela não imaginava as proporções que o software poderia tomar, o próprio nome do software não era AutoCAD, mas sim MicroCAD. O sistema CAD foi inicialmente desenvolvido para alguns tipos de sistemas operacionais como: CP/M (programa de controle para microcomputadores), esse era um sistema operacional que rodava em disco e foi desenvolvido para trabalhar com os processadores da Intel, além desse sistema o AutoCAD também funcionava muito bem com o DOS (sistema operacional em disco) e o Unix (sistema operacional portátil, multitarefa e multiusuário).
              Diga-se de passagem, que o AutoCAD nessa época era um software muito limitado, porém começava a criação e a expansão de um programa capaz de criar desenhos de uma forma muito prática e financeiramente acessível às pequenas empresas de projetos.
Passados alguns anos a Autodesk não mais desenvolveu o software para trabalhar com os sistemas operacionais DOS e Unix, ao invés disso a Autodesk firmou uma grande parceria com a Microsoft e passou cada vez mais a desenvolver o AutoCAD para ter grande desempenho na plataforma Windows.

A evolução

              Nem de longe podemos considerar a Autodesk como única desenvolvedora do software, quando na sua criação o AutoCAD já possuía um interprete de dados chamado Lisp, esse meio de interpretação aberto à configurações e edições permitia a criação de novos recursos a serem implementados no AutoCAD, juntamente com ele também estava a linguagem C, todos esses códigos foram disponibilizados a pequenas empresas do ramo e também a programadores independentes. As empresas e os profissionais liberais trabalharam muito e desenvolveram muitas soluções para o AutoCAD, mais tarde a Autodesk veio a adquirir todas essas empresas e seus respectivos trabalhos, foi dessa forma que o AutoCAD foi tornando-se o ícone dos sistemas CAD para criação de desenhos.
              Depois de algum tempo e já muito bem estruturada a Autodesk também adquiriu outros softwares de outras empresas para compor o seu catálogo, o objetivo era o de atingir todos os segmentos do mercado e tratá-los de forma exclusiva, dentre os produtos adquiridos estão o Revit e o Inventor.
Atualmente a Autodesk oferece mais de 30 softwares diferentes para cada segmento do mercado, cada um deles possui recursos aplicados para a área que se propõem a atender, dessa forma a Autodesk consegui até hoje liderar o mercado de softwares com muita destreza e qualidade.

Conclusão

              O AutoCAD foi uma revolução nos mais diversos ramos da indústria em 1982 e hoje é considerado o software de CAD mais utilizado no mundo. Diversos dos maiores projetos, desenvolvidos atualmente, tem diversas partes desenvolvidos em softwares de CAD, dentre eles o AutoCAD. Não há dúvidas quanto a sua importância para o desenvolvimento de projetos, mas o que nem todos sabem é que existe uma escassez muito grande de mão de obra qualificada na área!
             
Fonte: http://www.cadguru.com.br/autocad/como-surgiu-autocad-qual-sua-importancia/
APOIO:  CEBRAC – Unidade Ilha do Governador
A mais completa escola de cursos do País!!

Tel. (21) 3396-8638